Thursday, February 01, 2007

Agora que não devia estar a escrever estas tretas, estou a fazê-lo e quando deveria estar a escrevê-las, estou a fazer algo pior, a estragar algo...a mim mesma, ou outra pessoa, ou a minha sanidade mental, sei lá...
Não há nada que consiga fazer a longo prazo, nada a que me consiga comprometer, nunca hei de construir nada verdadeiramente produtivo.
Nem sei o que quero, e se sei o que quero, não sei porque o quero e logo não saberei se quero esse algo verdadeiramente ou se é um estúpido capricho que rapidamente vai passar.
Caprichos é do que mais tenho...a vontade de ter alguma coisa, de fazer alguma coisa, ou de ter e fazer tudo, que rapidamente se desvanece e é substituída por qualquer outra vontade.
E isto nunca vai acabar; vai sempre ser um sequência de fins e re-inícios sem nunca realmente ter feito nada até ao fim.
Hoje vou começar algo
Vou terminá-lo um dia
Terminar, quando chegar ao fim
Não antes


...minha amiga, querias a prosa habitual...tens aqui...uma espécie de...

1 comment:

Chico said...

Hoje vais começar algo...acho que pensar isso é o inicio de tudo, é tb acabar c alguns dos tais caprichos que falas e que tanto tb me "atormentam" as vezes.
"Hoje vou começar algo", seria um bom título para este post sem titulo, deste blog sem nome.
P.S: hj tb vou começar e acabar de arrumar a casa, vem aí uma certa pessoa que é a motivaçao certa para o conseguir. Às vezes, há que começar c coisas aparentemente insignificantes...
Um beijo