Sunday, January 01, 2006

Não me irritam certas estupidezes, apenas o facto de eu as aceitar.

E não me importa que tudo tenha corrido mal, o que me interessa é o que está para vir.

Não me apetece conversar contigo antes de vires ter aqui, prefiro falar depois de partires.

Não, não estou a chorar por dentro, apenas por fora.

Não quero favores e chateia-me precisar deles de vez em quando.

...às vezes preferia não ter razão; às vezes queria ter mais em que pensar.

...não aceito não aceito não aceito...não confio não confio!
Não consigo pensar. Estou a ser esmagada...

1 comment:

marco said...

acho que te enganaste..
estás (ou estiveste) sim a chorar por dentro e não por fora.

pensas de uma maneira muito característica...muito fixe.